Um novo conceito de morar

Empresários de grandes incorporadoras reunidos moldaram um novo conceito de conviver em sociedade. Conheça a Lote 5

Quando a experiência se une com a vontade de trabalhar e fazer diferença nascem novos conceitos. A partir da união das ideias de cinco empresários: Fernando Albuquerque, Beto Horst, Astério Safatle, Arthur Braga e Ricardo Setton constituiu-se a empresa Lote5, que traz junto de sua marca um slogan que define a posição da empresa no mercado: Mais que urbanismo. Vida. Determinação em implantar loteamentos que valorizem as cidades, se desenvolvam em harmonia e inspirem e acolham os moradores é um dos pilares da empresa. E não há como entender esta credibilidade sem conhecer a história profissional de seus fundadores.

Essa história começa no ano de 1982, com a Extrema Empreendimentos Imobiliários, que foi a responsável pelos lançamentos de reconhecidos lotes em cidades do interior e litorâneas, como Granja Olga, localizado na cidade de Sorocaba e Condomínio Sobreomar, em Ilhabela. Com grande espaço no mercado, a Extrema atingiu importantes patamares no quesito loteamentos. Em paralelo à ela, fundava-se em 1991 a FAL2 Incorporadora, que também foi responsável por grandes lançamentos no seu tempo, como o distrito de Alphaville. Em 1992, uma terceira empresa, a Agra Incorporadora, adentrou o mercado obtendo também bastante sucesso em seus lançamentos. A movimentação destas empresas começou no ano de 2005, com uma joint venture constituída pela Agra e pela Cyrela, que opera em 16 estados e 66 cidades no Brasil, além da Argentina e Uruguai.  A Agra Incorpora, então, concebeu a Agra Empreendimentos. No ano seguinte, 2006, a FAL2 uniu-se à Agra e os negócios não pararam de aumentar, visto que o mercado imobiliário no Brasil encontrava-se em plena expansão. Em pouco tempo, a Agra viu na Extrema uma grande oportunidade de expansão e adquiriu 55% das ações daquela empresa. O panorama, na ocasião, era o de três grandes incorporadoras atuando em conjunto e com áreas loteadas em quase todo o Brasil.

Em 2010, a PDG – que é a segunda maior empresa do setor imobiliário no Brasil, atrás apenas da  construtora e incorporadora Cyrela, propôs uma fusão de operações pelo período de cinco anos. Passados dois anos da experiência, portanto em 2012, os cinco empresários perceberam uma demanda no mercado e reincidiram o contrato com a PDG para formam a Lote5, um conceito humanizado de loteamentos.

imagem
Lote5
Apesar de ser uma empresa de concepção jovem, a experiência de seus sócios com o mercado imobiliário ao longo dos anos, moldou o espírito fraterno dos empreendimentos lançados pela Lote 5, entre eles o Una – Loteamento Conceito, localizado em Itu. O definido posicionamento de mercado da Lote5, que trabalha exclusivamente em áreas urbanas, quesito primeira residência, lotes de 125 a 500m², em cidades com mais de 150 mil habitantes e com quilometragem máxima de distância de 500km de São Paulo, foi o que deu à empresa o lastro para expandir no mercado. Além do Una, a Lote5 possui empreendimentos nas cidades de Piracicaba*, Bauru, Paulínia, Jaguariúna, Jarinu/Jundiaí, Campinas, Cosmópolis, Indaiatuba, Joinville (SC) e Vespasiano (MG).

imagem

*Comviva Piracicaba
O Comviva Piracicaba é o primeiro bairro colaborativo da região. Iniciativa da Lote5, o local foi pensado com traçado de ruas ortogonais, onde todas elas se conectam com o entorno, como um tabuleiro de xadrez. Já no projeto do Comviva foram criadas as vilas, que são bolsões com lotes agrupados e entradas exclusivas. Privacidade entre os moradores e controle de segurança, levando aconchego social para onde o tráfego será apenas local. No quesito colaborativo, tudo funciona através de uma associação de moradores. A Lote5 capacitará uma liderança organizada dos futuros proprietários para a ação de diversas “oficinas de atividades”. O Comviva é composto por 385 lotes, a partir de 175m² – residenciais e de uso misto – distribuídos em três vilas.

imagem

Ipiu
Também é iniciativa da Lote5 a fundação do Instituto de Pesquisa e Inovação em Urbanismo (Ipiu). O objetivo dos sócios na constituição deste Instituto foi e continua sendo o de incentivar e proporcionar a execução das melhores teorias e práticas sobre o urbanismo sustentável.

O Ipiu promove:
– Projetos de intervenção urbana
– Bolsas de Estudo
– Seminários e palestras
– Pesquisa
– Publicações

A pesquisa associada à aplicação de projetos urbanísticos são as duas frentes de atuação do IPIU e contam com o apoio de cinco visionários e uma premissa: o conhecimento deve ser incentivado, aplicado e compartilhado.

%d blogueiros gostam disto: