Estética e funcionalidade caminham juntas

Nesta edição, as arquitetas Tatiana de Lucca Carpinelli Rocha Lima e Karina Daltoé, proprietárias do Studio Tatyka Arquitetura, falam sobre o processo de decoração e design de lojas de pequeno porte. Segundo elas, desenvolver o projeto de um estabelecimento comercial de forma cuidadosa e bem planejada faz toda a diferença, assim como em todas as outras modalidades de trabalhos que realizam. As arquitetas explicam que os resultados vão desde a funcionalidade, até uma obra limpa, executada com rapidez, sem custos extras, além de criar um projeto bonito e dentro do prazo.

Tatiana conta que, ao longo de sua carreira, atuou em reformas de interiores, paisagismo e, na maior parte do tempo, em lojas com desenho de mobiliários. Entre esses trabalhos estão: a reforma da loja A Baronesa Noivas e Festas, que até então era localizada no Jardim Corazza, em Itu; a reforma de uma casa, na rua Padre Bartolomeu Tadei, atualmente ocupada pela Ideal Service, empresa de paisagismo. E, recentemente, em conjunto com sua sócia Karina Daltoé, o trabalho realizado no Armazém da Prata, no Plaza Shopping Itu.

Quando o assunto é a decoração e o design de lojas de pequeno porte, existem peculiaridades que precisam ser consideradas por serem espaços comerciais?

Quando falamos em espaço comercial, o que nos preocupa mais é a questão da acessibilidade, os cuidados com o uso dos espaços, da circulação de pessoas, e as peças da ocupação. Os móveis precisam ser bem desenvolvidos para não criar cantos vivos e as tonalidades devem ser bem pensadas para não carregar o ambiente pequeno.

Ao trabalhar no projeto de um ambiente comercial, vocês levam em conta apenas o lado estético ou também as funcionalidades?

Quando desenvolvemos um projeto, primeiramente estudamos o tema, pesquisamos as tendências na atualidade e analisamos o perfil do cliente e do projeto proposto. Todo trabalho tem que ser único e diferenciado, sempre. Após os estudos, é feito o croqui, ou seja, o esboço da primeira ideia. Vemos sim a questão da funcionalidade, porque um trabalho apenas estético não seria um projeto e sim uma obra de arte. Se esse conjunto estiver harmônico e diferenciado, estará pronto.

Para vocês, qual o maior desafio ao idealizar um projeto de interiores para uma loja?

Acreditamos que é conseguir criar um espaço convidativo, diferenciado e que ainda assim seja funcional, respeitando todas as exigências de circulação e acessibilidade. Tornar um ambiente diferente dos demais, acolhedor ao público, valorizando o produto, contribuindo, assim, para aumentar as vendas, é realmente um grande desafio.

Contem sobre o trabalho que vocês realizaram no Armazém da Prata, no Plaza Shopping Itu.

Com o Armazém é sempre gratificante trabalhar. A proprietária, Karina Negrão, tem muito bom gosto com as peças, e o Rafael, esposo dela, é quem desenvolve o mobiliário específico, não apenas por gostar da tarefa, mas também por acompanhar e conhecer mais de perto o seu próprio empreendimento. Então ele nos passou as imagens dos móveis, com medidas e cores, mas ainda nada definido, e fomos trabalhando juntos. Pesquisamos muito para deixar o espaço com a mesma identidade da marca que é moderna, conceituada e fina. Além disso, queríamos que o estabelecimento fosse diferenciado e tivesse um ar de lojas de joias mesmo, então pensamos nas cores, mobiliários, iluminação, vitrine, fachada e ficamos bem satisfeitas com o resultado, amamos ter trabalhado com esse projeto.

Por Giselli Mariano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: