Piscinas: várias opções para se refrescar no calor

As altas temperaturas despertam a necessidade de se refrescar. E nada melhor do que uma piscina para quem vive em localizações mais afastadas de rios, lagos e praias.

Para quem sonha em ter uma piscina para relaxar nas horas de folga, mas não dispõe de espaço sufi ciente, a arquiteta Heimar Miloco explica que tudo depende da análise do espaço disponível e a função desejada. “Um terreno menor ou uma cobertura de apartamento, por exemplo, permitem a instalação de uma piscina pequena ou somente para hidromassagem e relaxamento”.

Para pessoas que praticam esportes, tem a opção da construção de uma raia olímpica (ofi cial com 25 metros) acoplante ao restante da piscina ou hidro, ou de uma piscina retangular para prática de vôlei aquático. “Existem diversos equipamentos que fazem com que a piscina se torne mais do que simplesmente para natação. Temos as piscinas com ilhas, toboágua, hidromassagem, cascatas e prainha. Degraus internos e pisos inclinados permitem que o lazer seja aproveitado por pessoas de todas as idades”, comenta a profi ssional.

É necessário realizar a análise do tipo de solo disponível para construção da piscina, com o intuito de executar a fundação e escolher a estrutura e o revestimento ideais. Um terreno plano e compactado permite a instalação de vários tipos de piscina. “Já um terreno em desnível exige, geralmente, a execução de uma estrutura própria, em concreto armado. Um pouco menos resiste, porém uma opção mais barata, é a caixa em alvenaria, tanques em fi bra de vidro, que podem ser comprados prontos e instalados diretamente sobre um fundo de concreto, deixando a terra ao redor ou com paredes de alvenaria caso haja muita umidade”, afirma.


Acabamentos, design e paisagismo

As estruturas em concreto ou alvenaria permitem o revestimento com cerâmica, que possuem o preço mais baixo e grande variedade de desenhos e cores, incluindo faixas decorativas para as bordas. As pastilhas de vidro ou cerâmica, mais caras, são ainda mais impermeáveis, aumentando a vida útil da piscina e a beleza do resultado. “Temos também as pintadas em tinta epóxi, pouco usada porque desbota rápido. Outra opção é a borracha clorada, que também amolece em contato com a água e resiste pouco”, completa. Uma solução cada vez mais comum é o vinil, que é um plástico flexível e resistente que pode ser produzido no formato desejado. A piscina é entregue na obra na forma de uma bolsa que adere ás paredes com a ajuda de um aspirador que retira o ar entre a estrutura e o vinil. A durabilidade é de cerca de doze anos e os reparos podem ser feitos com uma cola à base de PVC, já que objetos pontiagudos costumam furar a membrana. Depois de escolher a piscina, é preciso defi nir o piso do deck e das bordas da piscina. Para o deck é necessário escolher um material atérmico e antiderrapante. “A escolha é ampla, desde pedras nos mais diversos acabamentos e cortes, como a mineira, São Tomé, luminária e goiás, entre outras; cerâmicas especiais para deck ou tijolos cerâmicos, porcelanatos com acabamento rústico, madeira e até elementos pré-moldados de cimento”, ressalta. Em geral as cerâmicas têm menor preço, enquanto as pedras e porcelanatos mais durabilidade. A madeira exige manutenção constante, e as pedras e tijolos cerâmicos podem receber resina para aumentar a durabilidade. “Para garantir bom acabamento e evitar cantos vivos as bordas devem ser arredondadas”, conta. Uma opção bastante utilizada atualmente é a borda infi nita, com caimento que proporciona a sensação de amplitude para a piscina e destaca o local onde está instalada. O paisagismo indicado para as piscinas são fl oreiras espessas ou vegetações que não tenham folhagens pequenas, que podem acabar difi cultando a limpeza dos fi ltros e bombas. Ela deve estar relacionada às preferências do proprietário e às condições climáticas locais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: