Dicas para vender seu imóvel com maior rapidez e segurança

Conseguir de fato vender um imóvel, nem sempre é tarefa fácil e, na maioria das vezes, ao se deparar com certos obstáculos e impedimentos pelo caminho, o proprietário pode sentir-se desanimado, frustrado e acabar desistindo de fazer negócio. No entanto, vários especialistas afirmam que isso acontece porque algumas regras básicas e fundamentais podem não estar sendo consideradas e cumpridas.

O primeiro passo é verificar e analisar toda a documentação, tanto do imóvel, quanto do próprio vendedor. A relação dos documentos exigidos é longa, e abrange desde escritura e certidão atualizadas, até negativas de débitos de IPTU e condomínio, sem contar os inúmeros documentos pessoais. Na verdade, é preciso provar que não existem pendências e que o nome da pessoa que está vendendo o imóvel, não está envolvido em processos judiciais ou em dívidas com a Receita Federal e com Bancos.

A realidade é que, por conta da burocracia, negociações podem ser bloqueadas no momento de assinar o contrato, ao ser constatada a existência de algum detalhe irregular.

Segundo o consultor imobiliário Gustavo Santiago, que também é perito judicial de imóveis, em Itu, para que isso não ocorra é preciso contar com os serviços de profissionais da área e de uma boa assessoria jurídica. “Dessa questão nós conseguimos cuidar, para que o proprietário não precise se preocupar. Fazemos toda a checagem e revisão de documentos, para que o procedimento seja iniciado e ocorra com total segurança e tranquilidade até o final”, explica.

De acordo com Santiago, outro ponto a ser verificado, é se o preço do imóvel está em conformidade com o valor de mercado. Ele conta que um dos principais motivos de existirem dificuldades na hora de fechar negócios é o fato de alguns proprietários fazerem exigências acima do que o mercado estabelece.

Além disso, muitos profissionais orientam sobre a necessidade de determinar um limite, um preço mínimo desejado, e fazer as negociações dentro dessa demarcação, lembrando sempre de não demonstrar pressa ou ansiedade, aos possíveis compradores. Tranquilidade é imprescindível.

Para contar com os serviços de um profissional qualificado, que conheça a realidade dos preços do mercado da região, pedir referências e indicações para pessoas de confiança e escolher apenas um consultor ou uma empresa que esteja realmente disposta a se empenhar para que o imóvel seja vendido, é realmente fundamental.

Outra dica importante, é elaborar cuidadosamente um anúncio. Esse procedimento deve ser feito com cautela, se atentando sempre para não exagerar e não mentir na hora de descrever o imóvel. Santiago enfatiza que a falta de veracidade na divulgação das informações pode fazer o cliente perder tempo com candidatos que criam expectativas e, na hora das visitas, se decepcionam com a realidade, perdendo o interesse de fechar o negócio.

No entanto, é importante que na descrição, sejam valorizados os pontos fortes, explicando como é o condomínio, se possui garagem e área de lazer, falar também sobre as vantagens e facilidades da região, bem como acesso a transportes públicos, demais serviços e áreas comerciais próximas. E, por fim, prezar pela qualidade das fotos do anúncio e tomar cuidado para não cometer erros gramaticais, são itens decisivos, que podem atrair ou afastar pessoas interessadas em comprar o seu imóvel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: